Enfermeiros reclamam de caos no Metropolitano e farão greve na 6ª

postado em: Notícias | 0

Enfermeiros do Hospital Metropolitano de Várzea Grande vão entrar em greve a partir de sexta (30).  Conforme o Sindicato dos Enfermeiros de Mato Grosso, os profissionais reclamam da falta de estrutura, insumos e desrespeito às leis trabalhistas. O indicativo de greve foi aprovado na última segunda (20), durante assembleia geral da categoria.

“Como as OSS saíram, ficou proibida a contratação de novos enfermeiros. Agora, cada enfermeiro cuida de sete a oito pacientes. Falta materiais básicos, como curativos, e algumas cirurgias estão suspensas por falta de prótese ortopédica. Além disso, os enfermeiros não têm o FGTS depositado também”, reclamou o presidente do sindicato, Dejamir Soares, completando que o telefone foi cortado e que a unidade está sem internet há cinco meses. Além disso, há dois meses não tem óleo diesel para garantir o funcionamento do gerador de energia. Na unidade, trabalham cerca de 130 profissionais da enfermagem.

Clique aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 7 =