Emanuel afirma que Taques tem “se esforçado” para resolver atrasos de 9 meses nos repasses da Saúde

postado em: Notícias | 0

As rusgas das eleições municipais do ano passado parecem que ficaram definitivamente para trás. Pelo menos foi o que demonstrou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), ao deixar de lado as críticas à gestão do governador Pedro Taques (PSDB) e afirmar que reconhece o “esforço” do tucano para que a situação dos repasses para a Saúde da Capital, atrasados há 9 nomes, seja resolvida.

Leia mais:
Emanuel Pinheiro vai cobrar atrasos de verba da saúde em reunião com Pedro Taques

“Nós estamos conversando com o governador, hoje está na casa dos R$ 46 milhões, é um dinheiro que faz uma falta enorme para Cuiabá. Se somar, são os 4 meses e meio da minha gestão, mais um período do Mauro, dá em torno de 9 meses. Mas o governador está conversando com a gente e está buscando meios de fazer um cronograma. Nós vamos chegar lá e eu confio e, de público, reconheço o esforço que o governador está fazendo em resolver esse passivo”, disse o prefeito nesta segunda-feira (15).

Emanuel tem se reunido com Taques sistematicamente para resolver o problema, principalmente, no que diz respeito aos repasses que financiam as obras do novo Pronto-Socorro de Cuiabá. Na parceria, o governo do Estado injeta R$ 50 milhões, enquanto à Prefeitura de Cuiabá cabe o investimento de R$ 31 milhões.

Recentemente, o Governo e a Prefeitura firmaram um novo cronograma para que o pagamento seja normalizado. Segundo Emanuel, até agora, o acordo está sendo cumprido.

Um levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), em novembro do ano passado, demonstrou que somente entre janeiro e outubro daquele ano a dívida do Governo com os municípios atingira R$ 59 milhões.

Fonte: olhardireto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − três =