Hospital de Leverger é liberado após obras

postado em: Notícias | 0
leverger.jpg

A Vigilância Sanitária autorizou a reabertura do Hospital de Santo Antônio de Leverger, município localizado a 35 km de Cuiabá.

A unidade de saúde estava fechada desde o dia 27 de julho após uma vistoria identificar irregularidades como erros nos procedimentos de desinfecção de materiais e improviso na lavagem de lençóis, o que impossibilitava realizar procedimentos invasivos como suturas e aplicação de medicamentos injetáveis.

O Hospital já está em pleno funcionamento desde segunda-feira (14) e vai ter sua rotina de trabalho regularizada com maior intensidade nos próximos dias. Para retomar as atividades, o município realizou investimento de aproximadamente R$ 500 mil para aperfeiçoamento da estrutura.

O prefeito de Santo Antônio de Leverger, Valdir Castro Filho, o Valdirzinho (PSD), comemorou a retomada do funcionamento do Hospital municipal pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Isso porque são atendidas até três mil pessoas mês em procedimentos de urgência, emergência, pequenas cirurgias e atendimentos em áreas como ginecologia, psiquiatria, pediatria e dermatologia.

Por conta da carência de atendimento em municípios do interior, o Hospital de Leverger atende moradores dos municípios de Barão de Melgaço e até moradores da região do Coxipó, que aglomera bairros de Cuiabá.

“É muito importante a prestação dos serviços porque a população de Santo Antônio de Leverger não precisa se deslocar com tanta frequência a Cuiabá para ser atendida pela saúde pública”, disse.

Após a retomada do funcionamento do Hospital Municipal, o prefeito de Leverger diz que trabalha para conseguir junto ao governo do Estado regularizar os repasses da saúde pública ao município que recentemente acumulava atraso de oito meses.

Além disso, o município ainda tem a receber do governo do Estado dinheiro oriundo de emendas parlamentares de autorias do vice-presidente da Assembleia Legislativa, Gilmar Fabris (PSD), que destinou R$ 300 mil para obras de reforma e ampliação do hospital municipal que melhorem as condições de atendimento a população.

Ainda está pendente a liberação de outras emendas parlamentares de autoria dos ex-deputados Pery Taborelli (PSC) e Emanuel Pinheiro (PMDB), este último atual prefeito de Cuiabá. Os valores somam R$ 600 mil e são destinados a saúde, educação e infraestrutura.

“Contamos com a compreensão do Estado para auxiliar o município e também mantendo conversas com a Assembleia Legislativa para que consigamos resolver este impasse”, destaca Valdir Castro.

 

Fonte: FOLHAMAX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =