Hospital recebe R$ 3,4 mil da União

postado em: Notícias | 0

juliomuller.jpg

O Hospital Universitário Júlio Muller (HUJM), localizado em Cuiabá, está entre as 48 unidades federais contempladas com recursos liberados, nesta semana, pelo Ministério da Saúde (MS). Do total de 220 milhões, o HUJM irá receber R$ 3,4 milhões.

O aporte financeiro faz parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf). Conforme o Governo Federal, os recursos disponibilizados vão atender hospitais universitários nas cinco regiões do país.

“Todos receberão verbas complementares para custeio, aquelas necessárias para garantir o funcionamento das instituições”, informou. A lista dos contemplados foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Parte dos recursos será aplicada em ações de investimento, como realização e conclusão de obras, adequação de estrutura, aquisição de equipamentos e de materiais, manutenção de máquinas utilizadas em exames e compra de insumos, como geradores.

Entre os contemplados, estão o HUJM, ligado à Universidade Federal de Mato Grosso (R$ 3,42 milhões), a unidade da Universidade Federal da Paraíba (R$ 3,27 milhões), da Universidade de Brasília (R$ 2,4 milhões), da Universidade Federal do Amazonas (R$ 2,2 milhões) e da Universidade Federal da Bahia (R$ 2 milhões).

Já o montante voltado a despesas de custeio soma R$ 181 milhões. Entre as unidades que receberão o recurso estão o Hospital de Clínicas do Paraná, em Curitiba (R$ 10,8 mi), Hospital de Clínicas de Uberlândia (R$ 10 milhões), Hospital Universitário do Maranhão, em São Luís (R$ 9,6 milhões) e o Hospital de Clínicas de Minas Gerais, em Belo Horizonte (R$ 9,2 mi).

Criado em 2010, o Rehuf disponibiliza recursos para completar as verbas arrecadadas pelos hospitais universitários. A iniciativa é administrada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebsersh), que centraliza a gestão das unidades. De acordo com a empresa, foram liberados R$ 595 milhões neste ano. Novos repasses podem ser feitos até o fim do ano.

 

FONTE: FOLHAMAX  25/10/2017

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =