Enfermeiros deflagram greve em hospital de Cuiabá -SANTA CASA

postado em: Notícias | 0

santacasa.jpg 

Cerca de 400 profissionais, entre enfermeiros, técnicos e serviços gerais paralisaram os atendimentos na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá partir desta segunda-feira (30) por falta de pagamentos. Esta é a 2ª vez neste ano que os profissionais fazem greve por conta de atrasos salariais.

A direção da unidade de saúde afirma que possui atrasos por parte da Prefeitura de Cuiabá e por outro lado a Secretaria de Saúde Municipal (SMS) nega qualquer débito afirmando que os repasses estão em ordem.

O presidente do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem (Sinpen-MT), Dejamir Soares falou ao Gazeta Digital que tanto o Estado, quanto a Prefeitura comprovaram aos trabalhadores durante reunião, que os pagamentos estão em dia.

Além disso, o sindicalista ressalta que uma emenda parlamentar de R$ 10 milhões foi destinada à unidade de saúde para quitar débitos e manter os pagamentos de profissionais em dia. Mas mesmo assim a Santa Casa afirma ter débitos e trabalhar com déficit de R$ 700 mil ao mês.

“Cadê os R$ 10 milhões que já foram repassados para a direção da Santa Casa? Agora os diretores falam que vão nos pagar após receberem outra emenda de um milhão? Como assim? A Prefeitura e o Estado não devem nada para a Santa Casa. Estamos com dois meses sem salários, o mês de maio foi parcelado e desde junho não recebemos”, afirmou o presidente.

Segundo informações do presidente, a equipe médica da Santa Casa também ameaça paralisar as atividades e aderir ao movimento.

Outro lado – O presidente da Santa Casa, médico Antônio Preza, foi procurado pela reportagem, mas não atendeu as ligações em seu celular.

 

FONTE: CAMILA PAULINO 
Gazeta Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =