“CPI constata nepotismo e fantasmas” em Cuiabá

postado em: Notícias | 0

abilio.jpg

Durante diligências da CPI da Saúde instalada na Câmara de Vereadores de Cuiabá para investigar denúncias de várias irregularidades envolvendo a Secretaria Municipal de Saúde, foram apurados indícios de nepotismo, existência de funcionário “fantasma” e falta de medicamentos e insumos.

A informação é do presidente da CPI, vereador Bílio Júnior (PSC) que já convoceou a ex-secretária da Pasta, Elizeth Lúcia de Araújo, para ser sabatinada no dia 15 deste mês. A definição sobre a data da oitiva da ex-gestora ocorreu durante reunião entre os membros da Comissão realizada nesta segunda-feira (6)

Além dela, outros funcionários deverão ser convocados para prestar esclarecimentos junto à CPI. De acordo com o presidente da CPI, Abilio Junior será de fundamental importância o depoimento dessas pessoas, em virtude de esclarecer um dos objetos da CPI, que trata sobre a “ingerência política”. Pois, conforme ele, essas pessoas não teriam passado por qualquer forma de processo seletivo, sendo contratadas “exclusivamente” por terem algum relacionamento político.

“Nós queremos ouvi-las para que possam nos dar mais esclarecimentos quanto a forma de contração feita pela Secretaria de Saúde. Pois o que identificamos, até o momento, é que essas pessoas não teriam passado por qualquer processo de seleção, o que feriria o princípio da impessoalidade, da qual a administração pública é regida. Dessa forma queremos que essas pessoas venham até aqui e nos dê mais esclarecimento sobre como era feita essa contratação”, ressalta Abilio.

Até o momento, segundo o parlamentar, já foram constatados 2 possíveis casos de nepotismo, que seriam de 2 irmãos do secretário-adjunto de Saúde, Milton Corrêa da Costa.

“Nós levantamos que eles teriam sido contratados enquanto o Milton estava na função. Além disso, tem uma mulher que identificamos ter recebido 11 meses de salário, sem ter trabalhado um dia. Ela ainda teria sido contemplada com 3 prêmios saúde, que é aquele ‘mensalinho’, sendo que, recentemente estiveram, aqui mesmo na Câmara, representantes e membros da categoria de enfermagem reivindicando o cumprimento da lei que os contemplariam com esse mesmo benefício que, inclusive, é um dos objetos da nossa investigação, pois o pagamento desse benefício está sendo descumprido por parte da Prefeitura de Cuiabá”, explicou Abilio.

Na reunião, o vereador Dr. Xavier (PTC) que também é membro da CPI e o relator, Ricardo Saad (PSDB), indicaram a convocação do ex-vereador Oséas Machado. Conforme Xavier, o ex-vereador era responsável pelas indicações políticas junto à Prefeitura de Cuiabá. Também foi requerida a convocação do secretário Flavio Taques e do Milton Corrêa, ambos secretários-adjuntos da Pasta.

FONTE: FOLHAMAX 06/08/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − 3 =