Em 24 horas, MT muda de ideia e suspende contrato de R$ 2,3 milhões

postado em: Notícias | 0

Suspeita é que empresa contratada sem licitação teria problemas graves

SAMU-AMBULANCIA.jpg

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Gomes de Figueiredo, rescindiu o contrato com a Med Security Serviços Médicos, que foi contratada para prestar os serviços de atendimento pré-hospitalar móvel de urgência e emergência, para atender a demanda do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência). A medida, publicada no Diário Oficial de Mato Grosso que circula nesta sexta-feira (11), ocorre apenas um dia depois da oficialização do negócio, conforme o extrato do contrato publicado na edição do Diário Oficial que circulou na última quinta-feira (10).

A “parceria” que durou menos de 24 horas foi fechada pelo valor de R$ 2.2889.510,00. Não há detalhes sobre a ocorrência de pagamentos ou possíveis danos aos cofres públicos devido a rescisão, mas suspeita-se de problemas graves na empresa.

O serviço de atendimento móvel de urgência passa por uma crise em Mato Grosso. A empresa que prestava o serviço até a “contratação” frustrada não teria pago os salários dos médicos que trabalham no Samu há mais de 6 meses.

Na última segunda-feira (7) a equipe médica do Samu distribuiu uma carta com o objetivo de “registrar as condições indignas de trabalho” dos profissionais. Nesta sexta-feira, cerca de 60 médicos que prestavam o serviço cruzaram os braços na Grande Cuiabá.

Enquanto a situação se complica para a solução do problema no curto prazo, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), também na última segunda-feira, mandou habilitar a empresa que fez a melhor proposta na licitação que vai escolher a organização que irá prestar o serviço de atendimento móvel de urgência e emergência. Porém, até o trâmite do processo administrativo para escolha da nova empresa ser concluído, os pacientes da Baixada Cuiabana continuam sem atendimento.

FONTE: FOLHAMAX 

DIEGO FREDERICI
Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =