Deputado pede recriação da Frente Parlamentar dos Agentes de Saúde e Endemias

postado em: Notícias | 0
O deputado estadual Dr. Gimenez (PV) protocolou na sessão ordinária desta terça-feira (12) um requerimento, solicitando a recriação e coordenação da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes Comunitários de Combate as Endemias. Conforme o deputado, a recriação tem como intuito formular políticas de valorização dos profissionais, debater as diretrizes do plano de carreira e piso salarial estadual, bem como o direito à um adicional por insalubridade para ambas as categorias.

“Os Agentes Comunitários de Saúde e os de Combate as Endemias tem importante papel na medicina preventiva. São eles que fazem a coleta de dados sobre a saúde nos municípios, famílias, fazem a pré-triagem de pacientes, além de evitarem epidemias, combatendo a proliferação de doenças como dengue, Zika e Chikungunya, por exemplo. E nada mais justo que valorizarmos esses profissionais”, afirmou o deputado.

Dr. Gimenez destacou a importância do trabalho realizado pelo ex-deputado estadual e atual federal, Dr. Leonardo Albuquerque (SD), ex-coordenador geral da Frente que já se colocou à disposição para uma parceria à nível nacional, enfatizando que está preparado e à disposição para assumir a coordenação geral da Frente Parlamentar dos Agentes de Saúde e Endemias na Assembleia Legislativa de MT para os próximos anos.

“Como deputado estadual, o Dr. Leonardo fez um bom trabalho como coordenador geral da Frente, e já se colocou à disposição para uma parceria na criação de uma Frente Nacional das categorias. Com mais de 40 anos de experiência na área da medicina, me sinto pronto e preparado para coordenar essa frente e darmos continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido. Não tenho dúvidas que com o apoio do deputado Dr. Leonardo na Câmara Federal poderemos fazer muito mais pelos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias do nosso estado”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 18 =