Comissão de Saúde é instalada e deve debater gestão de hospitais

postado em: Notícias | 0

Presidente diz que mudanças na previdência dos servidores também estará em pauta

O deputado Paulo Araújo ocupará a presidência da comissão

A instalação da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social foi realizada na tarde desta terça-feira (26), assim como a eleição do presidente e vice-presidente do colegiado.

O deputado estadual Paulo Araújo (PP) ocupará a presidência, enquanto o deputado Lúdio Cabral (PT) foi escolhido para ser o vice-presidente em votação de chapa única.

Durante o encontro, os parlamentares aproveitaram para falar das discussões e demandas que pretendem levar à comissão.

O deputado Dr. Gimenez (PV) defendeu a descentralização da saúde como solução para melhorar o acesso da população aos atendimentos. As carências da atenção dada aos dependentes químicos e a falta de vagas em hospitais psiquiátricos foram destacadas pelo deputado Delegado Claudinei (PSL), suplente da comissão.

O deputado Dr. Eugênio (PSB) lembrou que quatro dos cinco membros titulares da Comissão de Saúde são médicos.

“Mas a responsabilidade é dos 24 deputados”, pontuou sobre o papel dos parlamentares na melhoria da saúde. O presidente da comissão, deputado Paulo Araújo, também ressaltou a experiência dos deputados que compõem o colegiado.

O presidente da comissão ainda adiantou alguns assuntos que devem ser discutidos pelo colegiado. Ele citou o modelo de gestão dos hospitais públicos, as mudanças na previdência social dos servidores e os hospitais de pequeno porte, que precisam de financiamento, como assuntos a serem debatidos.

“Eu defendo o modelo de gestão através dos consórcios. A Secretaria de Saúde vai ter de ter uma definição rápida e essa definição passa necessariamente pelo Poder Legislativo”, destacou.

“A intenção é construir uma pauta propositiva. Não só se ater às questões ordinárias e dos projetos, mas também [fazer] uma visita às unidades hospitalares, unidades de saúde”, afirma Araújo. Segundo o parlamentar, a ideia é percorrer o estado para verificar as condições dos hospitais.

Já o vice-presidente da comissão, deputado Lúdio Cabral, disse que os temas centrais vão girar em torno dos direitos das populações mais vulneráveis.

“É o espaço em que a gente vai debater a realidade e as demandas que a população tem”, garantiu. Cabral ainda criticou isenções fiscais e defendeu que é possível destinar mais recursos à saúde. Também participou do encontro o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), líder do governo.

São membros titulares da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social os deputados Paulo Araújo, Lúdio Cabral, Dr. Gimenez, Dr. Eugênio e Dr. João (MDB), sendo os quatro últimos médicos. Os deputados Delegado Claudinei, Sebastião Rezende (PSC), Silvio Fávero (PSL), Xuxu Dal Molin (PSC) e Faissal (PV) são suplentes.

 

FONTE: MIDIANEWS


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + quinze =