Ação Sinpen: Secretária libera férias escalonadas para profissionais da Saúde de Cuiabá após suspensão na pandemia

postado em: Notícias, Sem categoria | 0

Em março de 2020, um decreto municipal suspendeu as férias e licenças-prêmio dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde que atendem diretamente os pacientes com Covid-19.

Em mais uma ação do Sinpen, a secretária Municipal de Saúde de Cuiabá, Ozenira Félix, decidiu, nesta semana, liberar férias escalonadas para profissionais da saúde do município após quase um ano de suspensão por causa da pandemia.

A medida foi para combater o avanço da doença e cumprir o atendimento dos pacientes internados devido ao novo coronavírus.

Quase um ano depois da suspensão, a secretária decidiu fazer um escalonamento para que esses servidores consigam tirar os dias de férias. Segundo a assessoria, a decisão foi tomada porque estes profissionais estão exaustos.

Uma portaria deve ser publicada nos próximos dias para regulamentar este revezamento.

Em Várzea Grande, a prefeitura decidiu manter suspensa as férias dos servidores da Saúde. Nessa terça-feira (2), um decreto municipal estabeleceu medidas mais restritivas de funcionamento de setores da economia, uso de equipamentos públicos e funcionamento das unidades escolares públicas e privadas para conter o avanço da pandemia da Covid-19.

Entre as medidas, o município manteve a suspensão das férias e licenças prêmios concedidas aos servidores públicos vinculados à Secretaria Municipal de Saúde que exerçam suas funções na linha de frente, mediante ordem do secretário de Saúde, quando necessário.

Além dessa medida, o município prorrogou por mais 60 dias o estado de situação de emergência, adotou o toque de recolher entre as 21 h até as 5h da manhã.

Casos de Covid-19

Desde o início da pandemia, foram registrados 54,4 mil casos de Covid-19 e 1.541 mortes em decorrência da doença em Cuiabá, segundo os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), até essa terça-feira (2).

Em Várzea Grande foram mais de 16 mil casos de Covid-19 e 673 mortes de vítimas do novo coronavírus.

Outras medidas restritivas decretadas em Várzea Grande:

  • Todos os serviços não essenciais em especial, bares, restaurantes, conveniências, shopping center, a partir das 19 h, de segunda-feira a sábado devem estar fechados, podendo apenas manter até as 23h os serviços de delivery;
  • Está proibido ainda o sistema drive thru e consumo no local a partir das 19h;
  • Ficarão fechadas todas as áreas públicas de lazer como todos os parques, praças, quadras de esporte, ginásios, VIA 31, Espaços FIT e todos os demais que partam do princípio de uso da coletividade, que são áreas onde foram apontados diversos problemas de aglomeração;
  • Atividades educacionais podem ser retomadas de forma presencial (híbrida) nas escolas privadas neste mês de março.
  • As atividades escolares nas unidades públicas são retomadas de forma remota na educação infantil com previsão de se tornarem híbridas em abril, caso os quadros de incidência da Covid-19 diminuam. Neste caso, irão funcionar com 50% da capacidade das salas de aula ou no máximo de 15 alunos;
  • O expediente com atendimento ao público será das 8h às 13h, promovendo revezamento entre aqueles que não se enquadram no grupo de risco, que estão dispensados para promoverem suas funções em home office;
  • Igrejas, Templos, podem funcionar até as 20 horas, ou seja, uma hora antes de iniciar o toque de recolher;
  • Shopping center poderá abrir das 8h às 19h de segunda a sexta-feira e no sábado das 8h às 12 h, podendo estender a praça de alimentação até as 15h e os serviços de delivery para restaurantes, bares, lanchonetes, sem atendimento pessoal, até as 23h;

 

Medidas restritivas em Cuiabá

  • Toque de recolher das 23h às 5h;
  • Suspensão de atividades de lazer e restrição de horário dos comércios;
  • Suspensão de todas as atividades em casas de shows, espetáculos, boates;
  • Também deverão ser fechados, temporariamente, praças, campos, quadras poliesportivas, parques, entre outros espaços públicos e privados que promovam atividades coletivas;
  • Estão suspensas as cirurgias e atendimentos ambulatoriais eletivos;
  • Eventos sociais, corporativos e religiosos estão liberados dentro do horário do toque de recolher;
  • Comércio em geral, varejista, atacadistas e shopping popular: De segunda-feira a sábado das 8h às 18h;
  • Lojas em shopping: De segunda-feira a domingo das 10h às 21h;
  • Bares e restaurantes: De segunda a domingo 11h às 22h;
  • Lanchonetes, padarias, açougues e congêneres: De segunda-feira a domingo das 6h às 19h;
  • Supermercados e congêneres: De segunda-feira a domingo das 6h às 22h;
  • Prestação de serviços em geral: De segunda-feira a sábado das 8h às 18h;
  • Distribuidoras de bebidas: De segunda-feira a domingo das 10h às 22h, vedado o consumo no local;
  • Conveniências em postos de combustível: De segunda-feira a domingo das 10h Às 22h, permitido o consumo no local, desde que estejam todos sentados;
  • Academias de musculação, natação e congêneres: De segunda-feira a sábado de 6h às 22h
  • Clubes de lazer em geral: De segunda-feira a domingo das 6h às 22h, vedada a prática de atividades coletivas
  • Vendedores ambulantes autorizados pelo município: Até às 22h
  • Todos os estabelecimentos terão que cumprir as medidas de biossegurança, como uso de máscara, álcool em gel, distanciamento social e utilizar apenas 50% da capacidade total do local;

 

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dezessete =