Para abrir dez leitos de UTI, governo precisa de ao menos 60 profissionais

postado em: Galeria de Fotos, Notícias | 0

A falta de profissionais capacitados é o principal ponto que, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), entrava a abertura de novas UTIs em Mato Grosso. Acontece que para cada 10 leitos é preciso 60 trabalhadores da saúde. Apesar da tarefa inglória, o secretário Gilberto Figueiredo afirma que o governo atua em várias frentes para conseguir atender a grande demanda na região metropolitana e interior. Conforme boletim divulgado nesta segunda-feira (8), há 474 internações em UTIs públicas e 445 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 98,34% para UTIs adulto e em 57% para enfermarias adulto.

 

 

 

Fonte: Olhar Direto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 10 =